Rádio Cultura Fm de Araci - 104,9

17:05

Locutor Paulo Roberto

PROGRAMA

Ligação

Notícia atualizada em 25 de novembro de 2016 às 15:20

TUCANO: População lota novamente a Câmara de Vereadores e protestam contra aumento de salários dos legislativos.

Imprima essa matéria Compartilhar

whatsapp-image-2016-11-25-at-13-09-25

Moradores do município de Tucano lotaram mais uma vez o plenário da Câmara Municipal durante a sessão de quinta-feira, 24, para reivindicar a revogação de um Projeto de Lei que aumenta o salário dos vereadores dos atuais R$7 mil para R$10.128,89 a partir de janeiro de 2017.

O Intitulado “Não vamos nos calar – Mobiliza Tucano!”, o movimento tomou força a partir da sessão realizada no dia 06 de outubro, quando o aumento foi aprovado por todos os vereadores presentes. A partir daí, a população iniciou uma mobilização nas redes sociais e nas ruas, por meio de abaixo-assinado, vídeo e outras postagens na web, convidando todos para a sessão de ontem.

Conforme matéria vinculada hoje no nosso programa patrulha da cidade.
Ouça a matéria vinculada hoje

A assessoria do movimento nos encaminhou a seguinte nota:
Começamos a concentração em frente a Câmara a partir das 19h, mas o presidente, Hélcio, só permitiu entrada por volta das 20h30. Entramos na Câmara de forma pacífica e ordeira.

Em seguida percebemos uma movimentação do presidente chamando um a um os vereadores para conversar em seu gabinete, sob vaias é claro.

Quando por volta das 20h50min, o presidente volta a bancada para fazer uso do microfone e supostamente iniciar a sessão todos os manifestantes fazem silêncio para ouvi-lo. E o mesmo profere as seguintes palavras:

“Conversei com meus colegas e achamos que o clima aqui tá muito pesado para abrir a sessão.”

E imediatamente se retira do plenário.
Com o intuito de iniciar um diálogo para que a sessão fosse reaberta, os manifestantes fazem uma CORRENTE HUMANA em frente aos portões de saída.

O vereador Carlinhos foi o primeiro a sair. Sob o uso da força da força excessiva de alguns policiais que empurram os manifestantes. E um deles, proferia socos contra alguns manifestantes. Vale lembrar que não foi a instituição polícia, mas um policial que agredia os manifestantes.

O vereador Gildásio saiu correndo pela porta da frente da Câmara!

Depois de solicitados o reforço, chegaram mais 3 viaturas na Câmara, e os manifestantes decidiram fazer um cordão de isolamento para permitir a saída dos demais vereadores.

A saída de todos os vereadores ocorreu de forma pacífica, mas sob gritos de covardes e sob vaias.

Em nenhum momento foi incitada violência ou houve violência por parte dos manifestantes!

Confira abaixo os vídeos do momento da saída dos Vereadores da Câmara Municipal, enviado pela organização do movimento

Mais Imagens

 

 

Fonte: Assessoria Movimento
Movimento Popular -Mobiliza Tucano

 

 

Comentários
Redação

Ligação
Das 16:00 às 18:00
Paulo Roberto
app-cultura

Desapeguei

Pablo

Eu Sei de Cor

Marilia Mandônça

Sou Igualzinho a Você

Amado Batista

50 Reais

Naiara Azevedo

Coração Chora

Sem Retoque